Pesquisar este blog

Relógio

Vejam em outras línguas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
 

Páginas

25 de jun de 2010

1 ano sem o cara mais importante do mundo pop

Ontem dia 25-06-2010 fez exatamente 1 ano que Michael Joseph Jackson, aos 50 anos de idade um ícone mundia da música pop, um cara que respeito e muito, seu trabalho e sua trajétoria de vida. Michael Jackson começou sua carreira aos 5 anos de idade com seus irmãos no Jackson 5 uma banda formada por seus irmãos, mas quem mandava em tudo era seu pai, sinceramente odeio esse cara por fazer uma coisa bem absurda ''ganância'', só queria que seus filhos fossem famosos pra ter dinheiro. Até que deu certo mas o holofote era seu filho caçula Michael Jackson, um jovem encantador que animou as plateias do EUA inteiro. Aos  17 anos separa dos seus irmãos do Jackson 5 e tenta fazer sucesso sozinho em carreira solo, e deu certo sua carreira foi embalando e conseguiu um auge. Com  álbuns Thriller, Bad, Off The Wall e Dangerous que até hoje todos fazem muitos sucessos, os álbuns importantes da sua vida de cantor. Michael não fez sucesso só de música e sim de sua caricia que todos amavam, um ícone. Considero ele um ídolo por fazer videos loucos, que todos os outros artistas expiraram nele, pra fazer um grande vídeo. Mas falando em sua morte foi uma supresa pra todos. Mas que ele descanse em paz! @Denny_3 @Musicaacultura @Renan_Soares_gd

24 de jun de 2010

As variações musicais



Desde que o Rock é Rock, com Jerry Lee Lewis, Chuck Berry, Bill Haley e Elvis Presley, ele sempre se destacou pela sua forma de manifesto. Sim, as letras de amor sempre existiram, e não deixariam de existir quando o trovadorismo ganhou guitarras e uma batida 4x4, mas a real beleza do rock, foi se manifestar contra algo. Tentar derrubar alicerces da sociedade de sua época. Foi assim com o Punk, por exemplo.
A palavra punk, fora já utilizada por William Shakespeare, para representar os marginalizados pela sociedade. E não foi diferente disso que Sex Pistols ou Clash representaram a uma geração.
Claro que a música tomou vários outros rumos. Beatles e Queen, duas das maiores bandas da história popularizaram o Rock, ou levando esse tipo de música a outros gêneros musicais ou trazendo outros gêneros musicais ao rock. E The Cure, que trouxe o espírito byronista, da segunda geração do romantismo a música.
Bom, esse legado que vem desde a década de 50 pode estar no fim.
Os grandes músicos dos tempos atuais, são de outras épocas. Não vemos mais grandes solos (os ultimos foram do Slash), nem grandes composições.
É impossível comparar uma geração de Miley Cyrus, Cine e Simple Plan, com a década de 70, por exemplo, com seus Aerosmith e Led Zeppelin.


Mas o que falta a esse mundo atual? Bom, as pessoas ainda sabem tocar guitarra. Cantar é o problema, já que a maioria das bandas ultimamente tem um vocalista igual e com a voz igual (diga-se de passagem: parecem que estão com o saco esmagado). Mas falta uma mensagem, falta um sentido que não seja um namorico pré adolescente que não deu certo. Falta uma visão estranha do mundo, obscura, talvez.
Falta um mundinho "Capricho" aonde basta vc estár na moda, pra ser legal!
Janis Joplin era feia! Horrorosa! Mas quando se dava valor a suas virtudes reais, e que não fossem apenas de aparência, ela era a maior, a melhor. No mundo atual, nos valores atuais, talvez ela não fosse nada.


Se antes derrubávamos um regime militar, hoje, a maior revolta por aqui, foi um monte de criança querendo pulseirinha VIP pra um show do Restart.


Isso é só uma prova: A música é só um reflexo da sociedade, se a sociedade é futil no momento, a musica que vai marcar a sua época, também será.


E antes que venham com revoltinhas
compare Dream on ou Starway to Heaven com "Baby, baby, baby... oooooooooooh".


Ausentar-me-ei


 Roberto @rto21
Criador do Blog As 4 Paredes
Parceria oficial do blog ''Música A Cultura dos Nossos Ouvidos''

Slash paga pau para o Them Crooked Vultures



Até Slash, eterno ex-guitarrista do Guns n' Roses, e até mesmo ex - guitarrista do Velvert Revolver, se impressionou com a potência do Them Crooked Vultures, o mais novo supergrupo do pop atual. Formado pelo Foo Fighter Dave Grohl, Josh Homme, do Queens of the Stone Age, e pelo ex-Led Zeppelin John Paul Jones, a banda deu início esta semana, no Wiltern, em Los Angeles, à curta excursão pelos Estados Unidos divulgando o álbum de estreia, homônimo.
Essa banda simplesmente é ótima, letras marcantes e integrantes que mostra o rock não morreu. Acorda e veja que Saul Hudson tem razão.
E alias Slash bom trabalho do seu trabalho solo, está perfeito só não gostei de uma música mas essa música só presta o seu solo, essa música é cantada pelo vocal do Maroon 5, mas tudo bem curti demais seu álbum principalmente o Crucify the Dead junto com Ozzy Osbourne. Cara determinação pra você como eu disse no post sobre seu solo com Zakk Wilde. 
@Denny_3 , @Renan_Soares_gd e @Musicaacultura

23 de jun de 2010

Slash é atacado por um fã

O guitarrista Saul Hudson, mas conhecido por Slash ex-Guns N' Roses, passou por  maus bocados durante uma apresentação em Milão, na Itália, na última semana.
No meio do lendário solo de guitarra do clássico "Sweet Child O' Mine", sucesso de sua ex-banda, o músico foi atacado por trás por um homem sem camisa que conseguiu driblar a segurança do evento e subir ao palco pela sua lateral.
Apesar de ter quase caído, o guitarrista ignorou o ataque e continuou tocando a música, como se nada tivesse acontecido. 

PS: Será que esse fã é fã do Axl?? Querendo tomar atitudes pra proteger o Axl?? É eis o mistério.
@Denny_3, @Renan_Soares_gd e @Musicaacultura
Veja o video ae:

Seu navegador não suporta o vídeo.

Decomposed God : A Força do Death Metal Brasileiro






  Decomposed God é uma banda de death metal pernambucana formada em 1991 na cidade do Recife.
  Em suas letras o Decomposed God revela a sua indignação e aversão às religiões, que há milhares de anos escravizam e alienam a humanidade.
  Em 1992 lançou sua primeira demo-tape "Chave da Imortalidade". Em 1993 se juntou o elenco da compilação "Noise Core - A morte é apenas o fim ..." liberada por Tarkus Records. Em 1994, a banda lançou "Dawn of Celestial Shadows ", e não apenas uma forma mais coerente e tecnicamente realizado registro, mas também um muito mais original, e em 2008 lançou CD Beastily
Ao longo dos seus 17 anos de existência o Decomposed God vem disseminando todo o poder destrutivo do verdadeiro Death Metal, unindo brutalidade, técnica e concepções ideológicas dignas de uma das bandas mais tradicionais e devastadoras do underground nacional. 
Escutem e curtam o som deles: 


22 de jun de 2010

Ancioso pelo novo CD do Them Crooked Vultures

Esse sou eu, obscecado por esse CD, o primeiro trabalho de Dave Grohl, Josh Hommes e Jonh Paul Jones da banda Them Crooked Vultures, estou ancioso por ouvir o 2º CD deles, já ouvi um single Can't Possibly Begin to Image e está bem a música. Eles prometeram fazer um novo CD esse mês ou dutante o verão do Hemisfério Norte. Bom estou a espera desse CD misterioso. Mas falando do 1º trabalho, um trabalho excelente, compostas por eles, parábens caras.  Que continuem assim! E os criticos sempre vão falar que lembra das suas bandas iniciantes, mas tudo bem quem não quer lembrar um pouco de LED ZEPPELIN e NIRVANA :D. @Denny_3 e @Musicaacultura .



Meu CD predileto do Black Sabbath!

Olá Gente! Hoje vou falar um pouco do CD Sabbath Bloody Sabbath, do Black Sabbath, minha banda predileta, um CD que é muito bom mesmo, por ter letras que são sobrenaturais. Que mostra o que Deus fala ao Ocultismo, uma músicas que eu considero bastante e respeito está nesse álbum A National Acrobat, e as faixas desse CD tem duas que bandas consagradas Metallica e Iron Maiden, fizeram covers. Sabba Cadabra que também pega o primeiro estrofe da A National Acrobat que o Metallica regravou e está no CD Garage Inc de 1998. E o single do álbum Sabbath Bloody Sabbath foi regravado pelo Iron Maiden, em 1983 mas os CD foi lançado em 2003 nos seus EP's de covers. Falando agora de Sabbath uma banda que respeito e admiro muito o trabalho sobre a vida dos caras, suas ideologias , suas loucuras e algumas letras que eu descobri por acaso, por causa deles, mas enfim uma banda que tenho muito carinho e muito afeto. @Denny_3 e @Musicaacultura .

19 de jun de 2010

O Solo lindo viu ^^

Seu navegador não suporta o vídeo.


Sensacional esse solo de Zakk Wilde junto com o Slash, cara os dois manda ver na guitarra, veja só eles fazendo cover do Jimmi Hendrix, com certeza o cara que influenciou eles. Meu como o @lemonilson disse: ''Vai tocar assim no inferno'' é isso é verdade os caras tocam bem, eu até gosto do Slash sabe, mas não acho ele um ótimo guitarrista precisa evoluir demais, tem muitos caras melhor que ele mas com certeza ele está na meu top 20 de guitarristas. Saul Hudson força e determinação que um dia você vai ser considerado o cara da guitarra pós-Jimmi Hendrix. @Denny_3 e @Musicaacultura . 

18 de jun de 2010

Le Chevais: Uma promessa pra o rock brasileiro

Hoje falo de uma banda gaúcha, que realmente estou admirando muito, além de ser ótimos cantores eles são muito gente fina, converso de vez em quando com eles no twitter e eles responde com carinho, isso que é banda, eu recomendo vocês ouvirem essa banda vai ser sucesso torço muito por vocês. Se precisarem de algo é só contar comigo e com a @vaninha_gd ela realmente me mostrou a vocês. Agradeça principalmente a ela, sua fã número 1, ela ajudou também fazer esse post. Bom vou deixar os twitter da banda @LeChevais do fã clube deles e da música elevador @FCElevador . Querem saber mais deles é só seguir eles ou seguir esses três twitters @Denny_3 , @Vaninha_dookie e @Musicaacultura. Enfim Le Chevais (clica aqui e você ve o myspace da banda)grande sucesso pra vocês estou com vocês hein!

17 de jun de 2010

Meu top 5 de vocais







Esse é Robert Plant, o cara que eu considero um dos melhores vocalistas de todos tempos, o vocal da super banda Led Zeppelin merece todo meu respeito, não só em música mas em algumas partes da sua vida, não toda. Porque tem muitas coisas que ele fez errada, mas admirei muito pela sua amizade do falecido John Bohman, companheiro de Led Zeppelin. Esse cara sempre confiou no Bonzo. Um cara que perdeu seu filho tragicamente, mas lutou até o fim pra conviver com sua família nas tûrnes do Led Zeppelin. Hoje ele tem 61 anos, ainda Sir Jimmi Page quer que ele volte pro Led, mas com certeza ele não quer, por motivos familiares e ter medo de viver o mesmo passado que teve no Led de 1968-1980.

Esse é Ozzy Osbourne, o cara mais louco em toda história, considero ele o segundo melhor vocalista de todos, apesar de ele ter participado da minha banda predileta. Ozzy começou a carreira com seu amigo Tony Iommi, no Black Sabbath, uma banda que eu considero muito especiais, por causa dos meus ideais e estudos. Um banda que foi também pioneira ao falar em suas letras o Ocultismo envolvendo ao Cristianismo e a Sociedade. Ozzy sempre ficava doido por cantar suas músicas no Black Sabbath, saiu da banda em 1978, pra dá um tempo mas no ano seguinte voltou pra a carreira solo, onde fez mais sucesso ainda. Mas agora mais experiente ele fazia suas próprias músicas. Nos dias de hoje Ozzy continua na carreira solo, mas tem reuniões com sua antiga banda Black Sabbath.

Esse é Bruce Dickson, vocalista do Iron Maiden, e também tem carreira solo. o top 3 dos melhores vocais na minha opinião, além de ajudar Steve Harris na composição do Iron Maiden, ele faz suas próprias músicas em carreira solo. Um gênio de verdade, Bruce entrou no Iron Maiden no melhor CD deles The Number of The Beast, ele entrou num momento de embalo da Dama de Ferro, um cantor de primeira. Saiu da banda em 94 mas voltou depois que Blaze Bayley não conseguia fazer mais sucesso com Iron Maiden ele volta com tudo em 1999. Hoje ele continua na Dama de Ferro, onde a maioria dos brasileiros respeita e admira a banda, onde ainda vou no show deles, talvez em 2011 na tûrne The Final Frontier Tour Brazil, que eu torço que eles vem pra cá. 

Esse é Rob Halford, cantor que assumiu seu homossexualismo, o único do metal assumi mesmo que é gay, mas não importa que ele é ou não é o cara é talentoso, por isso ele é um dos líderes do Judas Priest, uma banda ótima por sinal. Que seu último trabalho de 2009 Nostradamus está ótimo mostra cada dia o a experiência em seus livros e suas duvidas pra mostrar aos seus fãs. Rob Halford, é um cara que pode ser o substituto do Dio no projeto que ele tinha feito com Tony Iommi e Gezzer Buttler, do Black Sabbath, e ele vai ter uma grande responsabilidade de tentar substituir o Dio, mas com certeza ele não vai ter tanto trabalho, já substituiu o Ozzy quando estava doente no Black Sabbath, um cara ótimo pra substituir Dio, mas bem que eu queria a volta do Black Sabbath, mas enfim ainda vou curtir Heaven And Hell.


 Esse é Steven Tyler, vocalista da agora dramática e um pouca falsa Aerosmith, digo isso por brigas dos bastidores entre eles, uma vergonha mas tudo bem. Steven Tyler está nas minhas top 5 por cantar muitas músicas com seu agudo ótimo que mereça esse 5º lugar. Mas um vocal esforçado e um poeta por feito Dream On , Crazy , I Don't a Miss a Thing  e entre outras músicas lindas. Aerosmith enquanto isso está fazendo seus shows que parece que é sua despedida mas tudo bem vão ver que o maior erros deles foram terminar agora. 






@Denny_3 e @Musicaacultura

Iron Maiden: Uma banda que superou todas barreiras para o sucesso





Dama de Ferro, umas das bandas mais doidas do heavy metal, umas das minhas bandas prediletas e de todos os brasileiros rockeiros, que amam essa banda, formada pelo baixista líder Steve Harris (o quinto da foto), que além de tocar seu baixo, faz letras pra a banda, um grande compositor, além de Harris, Iron é composto por Adrian Smith (primeiro da esquerda a direita), Janick Gers (segundo), Nicko McBrain (terceiro),   
Bruce Dickson (do meio) e Dave Murray (o ultimo da esquerda pra direita). Uma banda que cada CD supera suas expectativas, uma banda ótima mas superou muitas barreiras pra chegar ao auge da carreira, descobriram que Bruce Dickson tinha que ser mesmo o vocal da banda junto com Adrian Smith, e também Janick Gers. O começo da banda em 1975 foi fascinante, mas começou sempre em covers, como Sabbath Bloody Sabbath do Black Sabbath, além disso é um ótimo cover, com a voz de Paul D'Anno o primeiro vocal da banda. A dama de ferro começou em seus CD's em 1980 com um ótimo Iron Maiden, e em seguida com os Killers em 1981, mas seu auge mesmo de CD's foi o The Number  of The Beast de 1983 ano que Bruce Dickson começou no Iron. Sua parceria foi até em 1994 e foi interrompida por vários desentendimentos dos integrantes e além do Bruce tem uma carreira solo brilhante, um dos álbuns mais conhecidos é Ball to Picasso com o single Tears of Dragon , uma boa música. Bruce começa sua carreira como compositor e se dá bem, enquanto Iron não é o mesmo sem ele, Blaze Bayley, não deu conta do recado. E em 1999 Iron volta com tudo. Uma História um pouco contida por confusões mas também a amizade valeu muito nessa hora. uma banda que merece todo respeito. Além disso ela abria show pra os talentosos Black Sabbath e Led Zeppelin. Mas com tudo se juntou com Judas Priest por ser as duas bandas mais famosas depois dessas superbandas inglesas. Por fim é só isso e ouçam muito Rock 'N' Roll seguem :D @Denny_3 e @Musicaacultura .

9 de jun de 2010

Raul Seixas: O Cara que experimentou de tudo nessa vida ^^

Bom hoje vou falar do Maluco Beleza, esse é Raul Santos Seixas, mas conhecido Raulzito ou apenas Raul Seixas, o cara mais conhecido no Rock pelos brasileiros, um dos caras que eu admiro em partes, por suas letras confusas, ideológicas e doidas também. Um baiano que todo brasileiro gosta de ouvir. Raulzito foi o dos caras mais revolucionários musicais do Brasil.
Um cara que fez de tudo na vida, confundiu muita gente de que ideologia seguia, pois ele sempre tinha posto várias religiões principalmente Ocultistas e Espiritualistas. 
Todos Cd's do cara era uma parte espiritualista e outra ocultista, tem até um CD que ele envolve um monte de religião no meio, e principalmente criticando Jesus Cristo mas idolatrando a mãe de Jesus, realmente Raul era um Maluco Beleza.
Uns que acreditam que ele compôs totalmente bêbado e drogado, até sua morte. Mas em suas músicas não só totalmente  loucas, tem românticas e políticas também.
Umas criticas feitas ao governo, ao mundo também.
Sinceramente quando eu ouço Mr. Crowley do Ozzy Osbourne, quando ele fala: I Wanna know what you meant (Eu quero saber o que você queria dizer) eu pergunto pra o mais enigmático musical brasileiro Raul o que você queria dizer??. @Denny_3 e @Musicaacultura .

8 de jun de 2010

A Espera do ''The Final Frontier''
























A espera do novo CD do Iron Maiden, uma banda que eu admiro e muito. Suas letras fascinantes e seus solos loucos Dia 16/08/2010 *_* . Só lançou por enquanto El Dorado


Seu navegador não suporta o vídeo.


@Denny_3 e @Musicaacultura

Queen: Luta contra a desigualdade e sua opção sexual!

Queen uma banda que conheço desde os 7 anos de idade, uma banda que minha mãe ama demais, depois de três bandas que ela acha ótimas (Gun's and Roses, Bon Jovi e Marilion), ambos todas boas, mas curti sempre a banda que estou falando nesse exato momento porque ela mostra em suas letras, o momento contra a Homofobia mundial, um preconceito enorme nas décadas de 80, uma banda revolucionária que seu vocalista e líder, Freddie Mercury (foto), um cantor de origem da Tânzania (time que o Brasil ontem ganhou de 5X1), um grande líder da banda Queen, canções como I Want Break To Free, We Are The Champions, We Will Rock You, Radio Gaga, Bohemian Raphsody entre outras, uma banda muito importante no Reino Unido, uma banda que sempre expirou com minhas letras, igualdades sociais, uma banda que já foi uma das minhas prediletas, que até hoje se eu casar, vou querer por    
a música  Who Wants It Live Forever, que é muito linda mesma, umas das minhas prediletas do Queen, que até Paul Rodgers guitarrista canta. Um grupo de musical mesmo, uma banda que respeito e admiro seu trabalho. Uma banda que todos mesmo tem que respeitar, pela suas histórias, pelas seu
respeito ao próximo mesmo ele tendo uma opção diferente da sua, uma banda que tem um legado em duas bandas do Brasil, Legião Urbana e Barão Vermelho, umas das bandas mais aclamadas no Brasil, por suas letras sociais e políticas que pensam melhorar a sociedade e as três teve três coisas em comum, os lideres da banda eram homossexuais, ambos são poetas e todos morreram de uma grave doença chamada AIDS.
Freedie Mercury, Renato Russo e Cazuza, o nome de cada um dos lideres dessa geração, que o mundo machista odiou e também idolatrou por muito. Infelizmente esses grandes nomes do cenário mundial e nacional morreram mas sempre vão deixar um legado ao povo pra combater a HOMOFOBIA.  Homenageio esse post principalmente ao meu amigo, Felipe Siveri que no ultimo domingo fez 17 anos e fomos assistir Principie da Pérsia e ele escolheu essa banda pra eu postar, e também homenageio Vinicius amigo nosso que também foi assistir o filme. @Denny_3 e @Musicaacultura 

4 de jun de 2010

Esse merece um post!

Pense em um cara que é vocalista, guitarrista, baixista e baterista se você falou Paul McCartney errou, se você falou Dave Grohl aceitou, hoje na madrugada depois de Corpus Christi, vou falar desse cara que é foda simplesmente, o ex-baterista de umas das melhores bandas de Grunge até hoje, Nirvana, vocal e guitarrista solo da banda mais progidia depois do encerramento do Nirvana, Foo Fighters, baterista de uma super banda que eu admiro muito Them Crooked Vultures.
Bom vou falar desse gênio simplesmente americano chamado Dave. Um cara que é muito significativo na história do Rock, o cara é muito bom pois no primeiro álbum do Foo Fighters ele realmente fez sozinho, tudo mesmo, parece que é mentira mas é a pura verdade.
Sir Dave Grohl é fodastico mesmo, preciso dizer algo mais?? Meu o Nirvana foi uma banda muito boa por causa da sua composições o single Smeel Like The Spirit foi ele que fez a maioria das coisas, o single Everlong do Foo Fighters foi ele que fez. Bom tirando Nirvana e Foo Fighters que são umas das bandas que eu realmente admiro muito, ele faz parte de uma superbanda chamada Them Crooked Vultures, junto com o Josh Hommes do Queen Of Stone Age e do eterno baixista e respeitado John Paul Jones, que simplesmente é foda. Uma banda que eu admiro muito por relembrar as bandas dos integrantes. Que por sinal lançou uma nova música que eu vou deixa-la aqui pra vocês ouvirem.

Essa banda promete muito ainda, bom não tenho muito falar do Dave Grohl só sei que ele estaria na minha banda depois de Bill Ward do Black Sabbath. @Denny_3 e @Musicaacultura.

3 de jun de 2010

Johnny Cash




Sir Johnny Cash Jr. , conhecido apenas como Homem de preto (Man In The Black), pra as pessoas que sempre conheceram por só usar a camisa preta pro shows, esse louco ae é bem mais louco que vocês imaginam, um caipira da cidade de Kingsland dos EUA, você não imagina como ele chegou ao sucesso, por causa da senhorita June Cater Cash, sua mulher que ele foi fiel até sua morte, Johnny antes era um cara mais desorganizado do county, só bebia e usava drogas perigosas, mas depois de se casar com sua melhor amiga tudo na vida jogou tudo pro alto e ficou muito feliz com sua mulher, teve 149 CD's em toda sua vida, e eu só tenho apenas 54,  no começo todos os cristãos começaram a amar sua obra, depois com o tempo até presos de Follow Prison em San Antonio no Texas admirou seu trabalho e resolveu fazer uma homenagem a povo da prisão, que fez um cd ao vivo pra eles. A história do Johnny Cash é foda, sofrida por causa da rejeição do seu pai por que sempre acusava de não ter evitado a morte de seu irmão mais velho que ele admirava de ser tão bom sabia tudo da Bíblia, um ótimo rapaz, mas infelizmente morreu num acidente feio. Mas sua vida foi superada mesmo por rejeição do pai ele foi tentar na carreira musical, e foi indo primeiro ele estava muito gospel e foi rejeitado por uma gravadora, mas depois que falo do seus problemas foi outra coisa a gravadora gostou, e foi até o fim e conseguiu ser feliz com sua banda, conheceu June Cater, que conhecia só por radio quando era criança, conheceu e se apaixonou por ela mesmo casado, mas foi conseguindo a amizade dela, até lutar pra conseguir casar se com ela. E depois de seu casamento fez muito sucesso mesmo até em 2003 depois da morte de sua mulher deixo ele abalado, até cantou um cover do Nich Ich Nails o single Hurt que a letra é muito boa mas tem parte que é judia que fala que o 'cara' que tinha coroa de espinhos não é nada pra eles (esse era Jesus Cristo). E com isso depois de 8 meses morreu em Texas, depois da morte de June, e foi interrado junto com ela. Recomendo assistir o filme do Johnny Cash Johnny e June (Walk in the Line nos EUA).@Denny_3 e siga o twitter do blog @Musicaacultura

Joe Cocker: Uma Voz pra eu falar que é foda

Joe Cocker, um dos caras que esse ano eu descobri que ele que cantava a abertura do seriado Anos Incríveis (The Wonder Years no EUA), With A Little Help From My Friends da banda britânica The Beatles, uma música muito bonita por sinal que fico emocionado por causa da série que até hoje sinto falta dela, uma série que mostra como é uma vida de um adolescente Kevin Anorld na familia, na escola, nos relacionamentos amorosos, em tudo na sua vida pessoal, pra entender melhor igual a série Todo Mundo Odeia o Cris ( Everybody Hate Of Cris no EUA), criado e produzido por Chris Rock. Mas continuando falando desse bom cantor, além do sucesso dele cantando uma versão do Beatles ele não só tem essa música que consagra tem a Up Where We Belong cantando super bem com Julie Taymor, e entre outras, apesar de também envolver em drogas e álcool em meados da década de 70 e 80 ele voltou com tudo na década de 90. E foi muito bem por sinal ^^. @Denny_3 e o twitter do blog @Musicaacultura 

Estamos no Orkut, Msn e no Twitter também :D

Comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99695107
Msn: group1146503@groupsim.com
Twitter: http://www.twitter.com/Musicaacultura

Critica sobre o livro do Led



Boa tarde meus amigos do blog ‘’Música: A Cultura dos Nossos Ouvidos, hoje eu vou falar um pouco do livro do Led Zeppelin Quando os Gigantes Caminhavam Sobre a Terra, um livro que fala dos bastidores e da fama dessa super-banda chamada Led Zeppelin, que tudo começou com o grande guitarrista Jimmy Page do ex-The Yardbids.

Uma história muito cortubada e de sucesso, igual de muitas bandas sexo, dorgas e muito mas muito rock’n’roll, a verdadeira história de cada integrante da banda mais conhecida do Rock. Escrita por um ótimo critico musical Mick Wall, que vou estudar mais sobre esse grande critico e respeitado na terra da Rainha Elisabeth II. O livro começa forte determinante, mostrando a vida antes do sucesso, cada passo do líder da banda, Jimmy Page, e dos seus ‘amigos’ Robert Plant, Jonh Paul Jones e Jonh Bohman.

Uma história integrante, que vai além das drogas e do sexo envolvendo os quatros gênios. Principalmente de um dos melhores guitarristas de todos tempos Sir Jimmy Page que sempre tinha uma grande admiração pelo grande mistério do mago mais temido ou até mesmo o mais enigmático do século XX Aleister Crowley, um mago ocultista do século XX que eu também estou estudando sobre ele desde o ano passado, com séries principal ocultista de todos tempos, um homem que me supreende a cada vez mais quando vejo, psicopata por suas ambições deixando seu legados, cada vez mais louco por suas teorias, que é muito complexo pra entender, é esse o Crowley cantado por Ozzy Osbourne na música Mr. Crowley querendo saber o que ele queria dizer, será mesmo que o cristão Ozzy não sabe o que ele quis dizer??, essa pergunta integra muitos críticos.

Eu sinceramente também sou igual o meu ídolo da Filosofia Aristóteles, que disse ‘’Eu sei que nada sei’’, pra os outros essa frase é bem controversa, mas essa frase me ajuda a ver que nem tudo na vida a gente faz pela complexibilidade, que a gente não sabe tudo mesmo, a gente precisa de experiências como a lei de a a posteori, mas não estou aqui pra falar do Ocultismo e de Filosofia por não sei tudo sobre isso, só tenho a base.

Continuando falando do livro, o livro em tudo dou nota 8,0 por seu começo e nos final dou 5,0 cai muito de rendimento, mas juntando tudo dou 7,0, não recomendo pra aqueles que estão começando ouvir Rock, pois vocês vão querer julgar todas as bandas do inicio ao fim, e pode ficar muito paranóico por não saber nada, e muitos de sua convivência vão te chamar de louco, eu sei muito bem porque desse preconceito, eu fiquei espantado por causa da musica Stairway to Heaven, além de um hino pra muitos do rock’n’roll, eu não considero por envolver muita mensagens subliminares, e não precisar envolver inverter a música pra saber que é satânica, só prestar bem atenção em umas dos versos que fala sobre um tal flautista, é só lembrar da verdadeira história do Hamelin. Vou deixar essa dica pra vocês.

Bom recomendo por os que curti rock a bom tempo, não os novatos se não vão ficar loucos. Esse livros é pra críticos da vida que estudam religião, cotidiano, mensagens sublimares e pra aqueles que querem ver a história verdadeira deles. Bom hoje é só. @Denny_3

P.S: Esse post era pra ser feito faz tempo mas por causa da escola e livros pra ler não pode por isso.



 click nesse botão :D